domingo, 17 de junho de 2012

Europa - BCE - Goldman Sachs


Numa organização, como o Banco Central Europeu (BCE) - o euro e a União Europeia, que assume, como MO ( modus operandi)  o encobrimento, em que o  caso do julgamento em curso da cobertura de alegada fraude nas contas públicas da Grécia,  negociados com a Goldman Sachs, para mascarar empréstimos e dívidas e gerar ganhos virtuais, mostra que não há qualquer grau de confiança possível no BCE.


Nos EUA a 15-6-2012, foi  condenado por  insider trading (troca de informação)  o ex-diretor da Goldman Sachs, Rajat Gupta,  que pode cumprir uma pena até 25 anos de cadeia. Porém, para lá da inética conduta face aos clientes e da indignação com as operações com os activos financeiros nos EUA (por exemplo, no caso do Lehman Brothers), a Goldman Sachs, está sob os holofotes pelas operações financeiras de crédito aos Estados pelas entidades competentes.


Na Europa, é sabido que ainda somos cépticos a teorias das 
conspirações, contudo, para além dos EUA, onde a sobre-representação é ainda maior (pessoas em cargos políticos), na Europa, trabalharam para a Goldman Sachs, até há pouco tempo, entre outros o actual presidente do BCE Mario Draghi; o atual primeiro-ministro italiano Mario Monti e o ex-vice-presidente do BCE; o primeiro-ministro da Grécia entre 2011 e 2012, Lucas Papademos; e António Borges, o czar das privatizações do atual Governo PSD-CDS.


Marc Roche, relativamente ao sr. António Borges, e à Goldman Sachs, deixa o seguinte desabafo:

"FMI livrou-se de António Borges porque não estava à altura do trabalho” e “Vejo gente da Goldman Sachs a aparecer por todo o lado em posições de poder”.

Só para se entender um pouco melhor o MO da Goldman Sachs vejam porque o director executivo, Greg Smith se demitiu.






O BPN...


A fraude do Banco Português de Negócios BPN daria para pagar três anos de subsídios de férias e Natal.


O montante pago pelo Estado português com o banco é o equivalente ao pago com subsídios até 2015. Feitas as contas, o governo já gastou 3,5 mil milhões de euros, mas o BPN poderá vir a custar 8,3 mil milhões aos contribuintes.


A somar, o Estado terá agora de suportar os despojos do BPN, tendo que formar as empresas veículos, entre elas o que mais assusta são os 3,9 mil milhões de euros que a Caixa Geral de Depósitos tem de exposição nessas empresas veículos.


O custo final é, para já, impossível de contabilizar com precisão. Até lá, os impostos dos contribuintes vão pagar uma instituição bancária, que já levou para tribunal José Oliveira e Costa, presidente do BPN entre 1998 e 2008.


O Banco Português de Negócios foi vendido ao BIC, presidido em Portugal por Mira Amaral, por 40 milhões de euros.


O governador do Banco de Portugal - Sr. Vítor Constâncio - antes e durante a crise do BPN, instituição que o BPortugal tinha a obrigação legal de supervisionar, mas que não conseguiu evitar os alegados crimes da administração do BPN,  foi nomeado vice-presidente do BCE, em 15-2-2010..


Quanto à imagem, serve já para introduzir  a minha próxima mensagem que será sobre a goldman sachs, lehman Brothers e a europa. 


Nice to be back!


Nota : As pessoas e organizações  que  são referidas aqui também o são nos meios de comunicação, não são suspeitas, ou arguidas, do cometimento de qualquer ilegalidade ou irregularidade e quando arguidas, gozam do direito constitucional à presunção de inocência. Se necessário retirarei o que aqui está exposto.

terça-feira, 3 de abril de 2012

...a Europa outra vez pelo mesmo caminho...



Numa Europa a muitos, e já não a poucos, onde poucos vão a um ritmo maior que os outros muitos, corre-se o risco, se é que já não aconteceu, de uma clivagem sem retorno.

Com a sociedade a demonstrar sinais cada vez maiores de inconformação, surge hoje os primeiros ecos de dificuldades internas na Alemanha.

No país que é o sustentáculo de uma europa, que nunca foi forte porque nunca foi uniforme, perspectiva-se uma crise financeira e social.
Falamos de um país que ultimamente têm mostrado ultimamente o seu verdadeiro eu, em várias situações em que o verniz estalou, por não conseguir impor a sua vontade na totalidade aos restantes, e que de certeza que vai defender os seus, não fossem eles, por muito que tentem não parecer, um país caracterizado por um sentimento xenófobo, mais atenuado é verdade, mas latente.

Muita de mão-de-obra do mercado alemão é estrangeira, quase toda de origem dos países à volta.
Juntando este pouco ao muito que vai por aí correndo, o que julgam que vai acontecer?

Primeiro a Europa e depois a Alemanha ( os alemães )ou  o contrário?

(O mundo gira e muitas vezes passa pelo mesmo sitio...esta vai ser a 3ª vez)

Que vos parece?


segunda-feira, 19 de setembro de 2011

A classe política portuguesa só pode ser de Marte.


Em termos de gestão temos sentido a ruina da economia a aumentar. Já são muitos anos a pedir-se aos portugueses para apertar o cinto.
Os portugueses na sua maioria de classe média, mas cada vez menos média e mais baixa, são os mais penalizados.
Compreendo que sacrifícios devam ser feitos, mas não podem ser sempre feitos pelos mesmos.
A classe política, constituída por pseudo-iluminados recorrem sempre à mesma receita. Aumento de impostos, aumento de impostos, aumento de impostos e corte nos direitos adquiridos das pessoas.
Está mais que na altura, esta classe parar de dizer “olha para o que eu digo e não para o que eu faço”. E aqui, para além de um comportamento exemplar  fruto de sufrágio destes quanto á rede de influências e de acção que lhes assiste, inerentes aos cargos que ocupam, estes têm de perceber que o trabalhador português não pode andar a encher bolsos de muitos deputados que por aí andam, e que nada produzem, seja capital monetário ou capital intelectual. Infelizmente constata-se que são uma mera despesa para os bolsos dos portugueses que lhes pagam os ordenados através dos seus elevados impostos.
E é por aqui que a classe política tem de ser reformulada, pois em nada justifica um tão elevado número de deputados com assento na assembleia da república, ainda para mais onde é quase vigente o voto em bloco, ou seja, em que um decide o voto de todos os outros.
Outra situação que é vergonhosa, é o direito a compensações monetárias (será que podemos chamar-lhes reformas?), atribuídas aos deputados por terem sido deputados (aqui eventualmente abrindo excepções para o Primeiro Ministro, Presidente da República e Presidente da Assembleia da República). E mais grave é por haver acumulação destas “reformas” em  ex-deputados em idade activa e a exercerem funções no mercado de trabalho com os seu ordenados.
Isto é inexplicável, aos olhos do cidadão comum, porque se eu exercer uma função na empresa X e for trabalhar para a empresa Y, de certeza que não vou receber reforma por ter estado nessa empresa. Vou ter direito a reforma somente quando estiver em idade de reforma e me reformar.
Considero que seria justo para estes ex-deputados eventualmente verem a sua reforma aumentada por terem exercido funções como deputados, mas isto sempre de forma igual como para todos os reformados deste país, ou seja, quando atingissem a idade de reforma.

Quanto aos ex-Primeiro Ministros, ex-Presidentes da República, e ex-Presidentes da Assembleia da República a situação é mais vergonhosa, pois acumulam em alguns casos várias reformas e ainda estão na vida activa. Nestes atendendo à importância do cargo que ocuparam (competentemente ou incompetentemente) e pelos serviços prestados à nação poderiam optar pela reforma mais elevada aquando da sua reforma, nunca antes.
Muito provavelmente assim, muitos milhares de euros poderiam ser poupados, salvos muitos empregos ou criar novos com estas verbas não despendidas.

Mas a mim o que mais transtorna, é o distanciamento da classe política com o verdadeiro dia a dia do cidadão, com as inúmeras dificuldades que sente. Vivem numa realidade completamente diferente, em que no Portugal real, o comum cidadão português já não luta para viver, luta é para sobreviver.

É caso para dizer que a classe política portuguesa só pode ser de Marte...





sábado, 12 de março de 2011

...

Posso ter vergonha do meu Portugal, mas hoje, mais do que nunca, tenho orgulho em ser Português.

sexta-feira, 11 de março de 2011

quinta-feira, 10 de março de 2011

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Uma covardia chamada PSD?


Isto dos blogues é engraçado, pois tal como já referi num post anterior, tudo o que é escrito serve de memória futura.
E o que escrevo hoje, vai-me provar daqui um tempo se estou errado ou certo. Mas isso na altura vê-se.

Uma covardia chamada PSD porquê?

Porque a meu ver, é uma oposição que não quer ser Governo. 

Ora vejamos:
- estrategicamente  têm perfilado a sua actuação política numa postura de permissividade e concordância com a actuação política do governo PS.

E daqui tiro duas conclusões:

Ou o PS está a percorrer o caminho correcto com a implementação das chamadas “medidas de austeridade” para recuperar a economia do pais, que teve o seu início ruinoso com Sr. Cavaco Silva ou então deveria estar à espera que o FMI sempre viesse a Portugal.
 E aqui as coisas não correram bem ao FMI não vir,.Isto porque, eventualmente se isso acontecesse aí o PSD avançaria para ser Governo, pois seria muito mais fácil ser governo após a entrada do FMI ( déja vu?).

Mas ainda não fica por aqui, pois o pior ainda que poderia acontecer ao PSD aconteceu, em que um Partido da oposição, neste caso, o PCP, através do seu secretário-geral, Jerónimo de Sousa, anunciar que ia apresentar um moção de censura ao Governo num timing a definir.

Verifica-se que a direcção do PSD , decisiva para a manutenção ou não do Executivo  não comenta. Ou seja o PSD está entre a espada e a parede,

Vamos ver o sentido de voto do PSD, mas não acredito que o PSD derrube o executivo, pois não quer ser governo na actual conjuntura nacional.
E nesta altura é que vamos ficar a saber que tipo de oposição o PSD é.Se é uma oposição forte que é alternativa ao PS no Executivo formando Governo ou não (e aí é uma oposição covarde).










segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

A Rainha do paupérrimo populesco...valha-me Deus!


Talvez eu seja alienado de todo, talvez viva numa realidade diferente do resto das pessoas, ou talvez seja eu o normal e muitos outros não! Não sei! Simplesmente não sei!

Agora o que eu sei, é que começo a acreditar que tudo é possível!

Vejamos:

O Cavaco, depois de ter iniciado a decadência das contas públicas em Portugal aquando primeiro-ministro conseguiu ser eleito, não uma vez, mas sim duas vezes para Presidente da República com os Portugueses a votar nele, o Sócrates ter acabado o curso a um domingo, o Passos Coelho querer privatizar o SNS, são exemplos que me levam a concluir que tudo é possível neste nosso canto.

Pode ser possível mas não quer dizer que compreenda.

E isto remete-me para algo que me foge à minha compreensão.

O “Expresso” desta semana através da sua Revista “Única” dá páginas a uma entrevista à rainha do paupérrimo populesco, a Sra. Júlia Pinheiro.

Não consigo perceber a linha editorial que leva a ser dado este espaço.

Ainda para mais para falar da ida dela para a SIC?

Serei maluco? Talvez! Mas doido não sou.

Isto é para perceber? Isto é possível?

Com tanta coisa interessante sobre a qual se podia escrever....

Haja “SOL” para nos aquecer!!!!

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Há merdas do outro mundo

Num dia em que houve mais uma reunião por causa do OE, segundo alguns o mais importante dos últimos 25 anos ( porque os outros ao que parece não eram!!), as telejornais conseguiram dar tempo de atenção a um polvo. Azar foi ter ele morrido, porque senão podiamos perguntar-lhe se este OE salvava a nação ou não!


É caso para dizer que há merdas do outro mundo!

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Os juízes e o governo

Uma das coisas boas que os blogues têm é que servem de memória futura, ou seja, fica aqui registado algo que pode ser verificado depois. Eu explico:

Hoje o Correio da Manhã abre com a notícia:

"Juízes querem saber quanto gastam e ganham membros do Governo

Os juízes pediram ao Governo cópias de documentos comprovativos de despesas e complementos remuneratórios dos seus membros, para verificação da sua conformidade com a lei, depois do anúncio da redução dos vencimentos e subsídios dos juízes."

 O pedido foi dirigido, na segunda-feira, por carta, pela Associação Sindical dos Juízes Portugueses (ASJP) aos 16 ministros e aos secretários de Estado da Presidência do Conselho de Ministros e adjunto do primeiro-ministro. 

Levanto uma questão:

1ª - Porque razão estas despesas não verificadas periodicamente?

E agora deixo uma observação para o futuro.

Se os juízes não levarem até ao fim isto, das duas uma, ou houve um recuo do parlamento (receio de saltar mais uma confusão cá para fora o que é vergonhoso) ou têm medo de levar isto até ao fim e aí são cobardes (o que é vergonhoso).

Vamos ver!

sábado, 16 de outubro de 2010

Avó...

É difícil suportar,
A dor da despedida,
Principalmente quando a partida,
É para nunca mais voltar.
 
Jair de Assis

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Resposta à Questão pertinente #não sei das quantas

Nesse post tinha perguntado se 2=1 seria possível ou não.
Deixo aqui a resposta:

a=b,      com a,b diferentes de zero

a²=ab //multiplicado “a” nos dois membros

a²-b²=ab-b² //subtrair “b²”…

(a+b)(a-b)=b(a-b) //desembaraçar

a+b=b //corte do “(a-b)” pela divisão

b+b=b //a=b, lembram-se? vejam no inicio!

2b=b

2=1 //divisao feita do “b”

E assim se prova que 2=1 também na matemática...

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Mikhail Gorbachev


Mikhail Serguéievich Gorbachev ou Gorbatchev (Stavropol, 2 de Março de 1931) foi o último secretário-geral do Comité Central do Partido Comunista da União Soviética de 1985 a 1991. As suas tentativas de reforma conduziram ao final da Guerra Fria, o que justificou a atribuição do Nobel da paz a Gorbachev em 15 de Outubro de 1990. Nesse mesmo ano, as duas Alemanhas, capitalista e comunista, se reunificariam.

Rose Parks


Rose Louise McCauley, mais conhecida por Rose Parks (4 de fevereiro de 1913 - Detroit, 24 de outubro de 2005), foi uma costureira negra norte-americana, símbolo do Movimento dos Direitos Civis.
Ficou famosa, em 1º de dezembro de 1955, por ter-se recusado frontalmente a ceder o seu lugar no Autocarro a um branco, tornando-se o estopim do movimento que foi denominado Boicote aos Autocarros de Montgomery e posteriormente viria a marcar o início da luta antissegregacionista.

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Diaspora, a rival do Facebook


Chama-se Diaspora a nova rede social da Internet, que promete fazer frente ao Facebook. Quarta-feira é o lançamento on-line


Quer fazer frente ao Facebook. Promete mais atenção à privacidade e possibilidade de controlo pessoal na rede. Garante ser a antítese do seu rival on-line. Assim se anuncia Diaspora, a nova rede social que em breve surgirá na Internet.
Este projeto para uma nova rede social on-line já está a ser trabalhado há vários meses e surgiu na sequência das inúmeras queixas do,  Facebook devido à sua precária política de privacidade.
Esta "diáspora" de facebookers descontentes foi desenhada por dois cientistas e um matemático nova-iorquinos craques em informática logo no início desta ano. Dessde então, tem estado a ser desenvolvida e testada por um grupo vasto de estudantes.
Neste momento tem já um investimento superior a 150 mil euros e um grupo de quase sete mil doadores. Uma das vantagens que promete aos  seus utilizadores é que, nesta rede, "trabalho é trabalho, conhaque é conhaque", porque uma das ferramentas de que dispõe permite que os utilizadores possam separar os conteúdos destinados aos amigos daqueles que se destinam aos colegas de trabalho.
Na próxima quarta-feira será o dia em que  a Diaspora terá a fonte disponível na Internet, com um código aberto, para as sugestões dos utilizadores interessados.  
Ana Soromenho (www.expresso.pt)
15:11 Segunda feira, 13 de Setembro de 2010

...



..

sábado, 11 de setembro de 2010

Síndrome de Asperger


Por um conjunto de razões, vi-me de certa forma, envolvido num projecto novo, e totalmente relacionado com o Síndrome de Asperger.
Posso afirmar, que pouco ou nada sabia deste síndrome. Reconheço a minha “leiguicidade” neste assunto. Contudo, e como em tudo o que se queira saber, recorri à worl wide web (a vulgar www), mais exactamente à Wikipédia para adquirir competências.
Assim, partilho com leitores do meu blog (louvo-vos a paciência), um pouco sobre este tema.

Hans Asperger
“A chamada síndrome de Asperger, transtorno de Asperger ou desordem de Asperger, é uma síndrome do espectro autista, diferenciando-se do autismo clássico por não comportar nenhum atraso ou retardo global no desenvolvimento cognitivo ou da linguagem do indivíduo. A validade do diagnóstico de SA como condição distinta do autismo é incerta, tendo sido proposta a sua eliminação do "Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais" (DSM), sendo fundida com o autismo[1][2]
A SA é mais comum no sexo masculino.Quando adultos, muitos podem viver de forma comum, como qualquer outra pessoa que não possui a síndrome. Há indivíduos com Asperger que se tornaram professores universitários (como Vernon Smith, "Prémio Nobel" de Economia de 2002).
Alguns sintomas desta síndrome são: dificuldade de interação social, falta de empatia, interpretação muito literal da linguagem, dificuldade com mudanças, perseveração em comportamentos estereotipados. No entanto, isso pode ser conciliado com desenvolvimento cognitivo normal ou alto.
Alguns estudiosos afirmam que grandes personalidades da História possuíam fortes traços da síndrome de Asperger,como os físicos Isaac Newton e Albert Einstein, o compositor Mozart, os filósofos Sócrates e Wittgenstein, o naturalista Charles Darwin, o pintor renascentista Michelangelo, os cineastas Stanley Kubrick e Andy Warhol e o enxadrista/xadrezista Bobby Fischer.

Características

A SA é caracterizada por:

  • Interesses específicos e restritos ou preocupações com um tema em detrimento de outras atividades;

  • Rituais ou comportamentos repetitivos;

  • Peculiaridades na fala e na linguagem;

  • Padrões de pensamento lógico/técnico extensivo;

  • Comportamento socialmente e emocionalmente impróprio e problemas de interação interpessoal;

  • Problemas com comunicação;

  • Habilidade de desenhar para compensar a dificuldade de se expressar verbalmente;

  • Transtornos motores, movimentos desajeitados e descoordenados.

  • Segundo alguns estudos, apresentam imaginação e criatividade fantasiosa mais reduzida do que uma criatividade com bases em fatos reais
  • Frequentemente, por um Q.I. verbal significativamente mais elevado que o não-verbal
...

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Sete sapatos sujos - Mia Couto


"Não podemos entrar na modernidade com o actual fardo de preconceitos. À porta da modernidade precisamos de nos descalçar. Eu contei "sete sapatos sujos" que necessitamos deixar na soleira da porta dos tempos novos. Haverá muitos, mas eu tinha de escolher e sete é um número mágico:

Primeiro sapato: A ideia de que os culpados são sempre os outros.
Segundo sapato: A ideia de que o sucesso não nasce do trabalho.
Terceiro sapato: O preconceito de que quem critica é um inimigo.
Quarto sapato: A ideia de que mudar as palavras muda a realidade.
Quinto sapato: A vergonha de ser pobre e o culto das aparências.
Sexto sapato: A passividade perante a injustiça.
Sétimo sapato: A ideia de que, para sermos modernos, temos que imitar os outros."

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

...




Num país a arder, dedico este espaço a aqueles que caíram e a aqueles que altruistamente ainda lutam...

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Frase do dia

"Os tolos dizem que aprendem com os seus próprios erros; eu prefiro aprender com os erros dos outros."
 
(Otto von Bismarck)

sábado, 7 de agosto de 2010

sexta-feira, 9 de julho de 2010

...ainda as "Golden Share" da PT

Muito se têm falado sobre o negócio da PT – Telefónica, principalmente na decisão tomada pelo nosso Estado que foi de veto, através de um instumento na sua posse, que são as “Golden Share”.

Para os mais incautos deixo aqui uma breve explicação, baseada num artigo do JN.

Assim a pergunta é: “O que são as Golden Share?”

As "Golden share" é uma designação usada nos mercados de ações. Estas são ações (ações de ouro) na posse dos governos.Estas ações ficam na posse destes aquando das privatizações das empresas (caso seja assim definido).
Uma golden share é uma participação accionista detida pelo Estado, que apesar de ser minoritária confere direitos especiais.
As acções denominadas golden share representam um mecanismo de preservação da ingerência do Estado na estrutura societária da empresa privatizada, que retêm um conjunto de poderes especiais.

No caso da PT, o Estado possui apenas 500 acções, chamadas da categoria A, que conferem o poder de eleger um terço do número total de administradores, incluindo o presidente. Além disso, essas 500 acções permitem ao Governo ter capacidade de veto sobre alterações de estatutos (que neste momento proíbem qualquer empresa concorrente de ter mais que 10% do capital), aumentos de capital ou emissão de obrigações e outros títulos de crédito. Os direitos especiais alargam-se, ainda, à definição da estratégia e políticas que a empresa segue, bem como lhe dão uma palavra determinante no que toca à "definição dos princípios gerais de política de participação em sociedades", leia-se, na compra e venda de empresas.

sábado, 15 de maio de 2010

alicia keys superwoman

Têm sido uma semana muito complicada.
Vi dois grandes amigos (o G e a I) perderem a avó. Partilho e sinto a dor deles como minha.
Amo-os como irmãos se tratassem, e por isso dedico-lhes esta canção, e lembrar-lhes que a avó deles ainda vive! Vive neles!

quinta-feira, 22 de abril de 2010

sábado, 3 de abril de 2010

sábado, 27 de março de 2010

Evidentemente...

que Passos Coelho foi eleito com ma maioria arrasadora.

Acredito (sempre questionando) que agora o país vai ter uma oposição que ajude a governar, e não a desgovernar, isto se Passos Coelho, não for mais um bluff (demagogo) deste jogo de poker que é a Polítca Nacional.

Ainda falando em política, falo agora sobre o PEC, em que levanto uma questão: Se o PEC no formato em que foi elaborado é tão insuficiente em medidas vitais para o país (segundo o PSD), como é que depois da reunião de Ferreira Leite (derramado), em que foram escutados todos os candidatos à liderança do PSD, ele não foi vetado pelo PSD em Assembleia com um expressivo NÃO, mas sim com uma abstenção por parte deste partido?

Assim, só posso reconhecer mérito ao governo socialista, na elaboração deste Plano, pois esta abstenção foi um redondo SIM ao PEC.

segunda-feira, 8 de março de 2010

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

domingo, 10 de janeiro de 2010

A ver...

Eis um Mapa Mundi impressionante!


Cliquem em:  http://www.breathingearth.net/

Depois de abrir o Link acima, passem o rato por cima de cada País.
Em rodapé, para além da indicação dos nascimentos e mortes no Mundo, a cada instante, também é indicada a população de cada País bem como as emissões de CO2... É impressionante o movimento em alguns países como a China e a Índia.
Se verificarem bem, constatarão que a população da Europa não se consegue renovar.
Em contrapartida, a África e a Ásia não param de aumentar.

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Casamento GAY


Finalmente foi aprovada…a Lei


Finalmente foi aprovado o casamento Gay.

Finalmente uma minoria vê reconhecido o direito à igualdade, sejam eles/elas.

Finalmente podem juridicamente partilhar a sua vida com alguém independentemente do sexo.

A pergunta é:

- Porque demorou tanto tempo?

Nota: Esta lei além de ser uma “vitória” desta minoria, é uma vitória de todos que lutam contra a segregação social.

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

...carne artificial...o que nos espera...

Ainda ninguém provou o produto, mas daqui a cinco anos poderá estar à venda nos supermercados carne artificial. Ou seja: carne criada em laboratório, não proveniente de nenhum animal morto. Os defensores dos direitos dos animais já vieram saudar os resultados da investigação. Resta saber se a carne é saborosa.
Os cientistas extraíram células musculares de um porco vivo e colocaram-nas numa solução de produtos animais

Investigadores holandeses criaram um produto descrito como um pedaço húmido de carne de porco e estão agora a investigar outras maneiras de melhorar o tecido fibroso comestível que, no futuro, se espera que as pessoas venham a adquirir.

Os cientistas extraíram células musculares de um porco vivo e colocaram-nas numa solução de produtos animais. As células multiplicaram-se e criaram tecido muscular. A partir deste resultado é possível criar produtos semelhantes a bifes, caso seja possível desenvolver uma maneira de “exercitar” o músculo.

Os grupos vegetarianos já vieram louvar a iniciativa, afirmando que não colocam qualquer “objecção ética” se a carne não tiver origem num animal morto, escreve o “Telegraph”.

A organização de defesa dos animais Peta - conhecida pelas suas campanhas contra o uso de peles de animais na confecção de roupas - já veio dizer que não levanta qualquer objecção.

A Vegetarian Society indicou, porém, que “a grande questão será garantir que as pessoas estão a comer carne artificial e não carne de animais que foram mortos”. “Será muito difícil etiquetar e identificar a carne, de uma maneira em que as pessoas se sintam seguras”, vaticina o grupo.

Mark Post, professor de fisiologia na Universidade de Eindhoven, indicou ao “Sunday Times”: “Aquilo que temos neste momento é um tecido muscular enfraquecido. Precisamos de encontrar uma maneira de o melhorar, esticando-o e moldando-o, mas nós chegaremos lá”.

“Este produto será bom para o ambiente e irá reduzir o sofrimento animal. Parece mesmo carne, as pessoas irão comprá-lo (...) É possível tirar a carne a um animal e criar o volume de carne anteriormente fornecido por um milhão de animais”, esclareceu Mark Post.
O projecto é apoiado pelo governo holandês e por uma marca de enchidos e surge depois da criação de filetes artificiais a partir de células musculares de peixes.

A carne produzida em laboratório poderia evitar a emissão de gases de efeito de estufa para a atmosfera que resulta da criação de gado.

Estima-se que o consumo de carne e de produtos lácteos possa duplicar até 2015 e que o metano que se liberta durante as actividades relacionadas com a criação de gado seja responsável por 18 por cento dos gases de efeito de estufa lançados para a atmosfera

in Público

sábado, 28 de novembro de 2009

Terrorismo islâmico...e cristão!

Este é dos assuntos em que penso bastante.

O Terrorismo islâmico, também conhecido como  terrorismo jihadista, é o terrorismo religioso praticado por aqueles cujas motivações estão enraizadas nas suas interpretações do Islão.

Estatísticas recolhidas pelo Centro Nacional de Contra-Terrorismo dos Estados Unidos indicaram que o "extremismo islâmico" foi responsável por aproximadamente 25% de todas as fatalidades por terrorismo no mundo inteiro, e por uma maioria de fatalidades pelas quais a responsabilidade pôde ser concludentemente determinada. Esses actos de terrorismo incluiram desvios de aviões, decapitações, raptos, assassinatos, ataques suicidas e ocasionalmente, violações.

O maior acto de terrorismo islâmico talvez tenha sido o atentado às Torres Gémeas nos Estados Unidos. Outros ataques proeminentes ocorreram no Iraque, Afeganistão, Índia, Israel, França, Rússia e na China. Estes grupos terroristas frequentemente descreveram as suas acções como jihad Islâmica. Frases auto-proclamadas de castigo ou morte, foram emitidas publicamente como ameaças, muitas vezes na forma de Fatwas.

Contudo, sempre que penso nisto, só concluo que:
 
O terrorismo religioso, seja na derivação que queiramos dar, foi algo que o ocidente criou.
Basta pensarmos, na história da humanidade, em que milhares de pessoas morreram por causa do espírito de Cruzadas em nome da religião de Deus, mas na realidade, o verdadeiro espírito era a avidez de glória e de riqueza. Quantas civilizações desapareceram,e pessoas que foram mortas, por causa do bom nome de Deus, e em que Deus, nada tinha e têm a haver com isto?

Ainda hoje no mundo ocidental existem organizações de terrorismo cristâs. Exemplos disto são:
 
Grupos terroristas cristãos católicos:

* Provisional Irish Republican Army.
* Official IRA
* Irish National Liberation Army (also known as the Catholic Reaction Force)
* Irish People's Liberation Organisation
* Continuity IRA
* Real IRA

Grupos terroristas cristãos protestantes:

* Ulster Volunteer Force
* Ulster Defence Association
* Loyalist Volunteer Force
* Red Hand Commandos
* Ulster Resistance
 
Terrorismo, por definição, é um método que consiste na utilização ilegal de força ou de violência planeada contra pessoas ou património, na tentativa de coagir ou intimidar governos ou sociedade para atingir objectivos políticos ou ideológicos.
 
Lendo o último paragrafo só me vêm à mente uma pergunta: "Quem é terrorista e quem não é?".
Digam-me por favor, que eu agradeço!
 
 
 
*Várias fontes (wikipédia, e outos sites não aconselháveis)

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

...Invictus...

...I'm the master of my fate, I'm the captain of my soul...


Nelson Mandela

domingo, 22 de novembro de 2009

...quero apenas umas calças...#3

Mais uma vez, ando a reunir roupa para dar.

Desta vez, vai ser para a Casa dos Pobres de Coimbra.

Ao pessoal de Coimbra meu amigo, e não amigo, que passam aqui os olhos, agradeço que vasculhem os vossos armários e vejam o que pode ser dado e digam-me (ruifsd@hotmail.com)

Aos que não são de Coimbra e leiam este blog, façam-no e entreguem nas entendidades junto de vocês.

...não custa nada...

Obrigado

sábado, 14 de novembro de 2009

...



Parte de cada um de nós para que isto aconteça...

...os meus olhos...



Olho para o Mundo e penso: "Será que anda tudo cego?"

Começo a acreditar, aliás, acredito, que Saramago têm razão no "Ensaio sobre a cegueira".
E quem não percebe este filme, jamais perceberá o mundo em que vivemos e o Amor. Simplesmente nunca irá perceber!
Não percebe porque não vê, anda cego.
Também não percebe porque Saramago diz que este mundo anda cego! E também não percebe porque é que a Julianne Moore não fica cega!
O Amor não percebe porque ama o amor, ou seja ama o amar, e não o amar alguém, (são tantas as pessoas que dizem que: "...eu gostava muito...de amar...") e  aí têm de pensar porque é que a julianne foi com o marido estando ele cego e ela não.

Como pessoas esta é uma obrigação vossa...

Já fiz este apelo mais do que uma vez!

Vão aos hospitais da vossa zona, principalmente, ao serviço de imonolugia, doar sangue para ver se podem ser doadores compatíveis (para alguém) de medúla.
Eu doei já algum tempo, e  até hoje a minha medúla não foi precisa, mas a tua, a dele, a do outro, daquela, pode ser compatível e pode fazer a diferença.
Às pessoas que com quem insisti, e o não fizeram, são pessoas que não entendem o valor de uma vida humana e não percebem o que é estar doente. Como outras que estiveram doentes, e continuam a não perceber o que retirar da doença, são egoístas porque pensam que são vítimas e dizem que nunca ninguém as ajudou e não percebem o que é ser ajudado.
Outras nem sonham com isto.
Vou deixar aqui um link de uma criança que poderia ser a minha filha, ou de alguém, sobrinho ou neto de outro alguém.

Esta é a Carmen e precisa da ajuda de alguém!

Ajudem, ou senão, não vos quero a ler este blog! Não são bem-vindos!

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Caim em mim e conclui...

...que se Saramago fosse Primeiro-Ministro, mandaria a ASAE inspeccionar a água benta nas igrejas...

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

XVIII Governo Constitucional...


Hoje tomou posse, o XVIII Governo Constitucional, liderado por José Sócrates que, após, as eleições de 27 de Setembro, foi indigitado pelo PR apresentar Governo.


Assim temos:

Primeiro-Ministro: José Sócrates

Ministro da Presidência: Pedro Silva Pereira

Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros: Luís Amado

Ministro de Estado e das Finanças e da Administração Pública: Fernando Teixeira dos Santos

Ministro da Defesa Nacional: Augusto Santos Silva

Ministro da Administração Interna: Rui Pereira

Ministro da Justiça: Alberto Martins

Ministra do Ambiente e do Ordenamento do Território: Dulce Pássaro

Ministro da Economia, da Inovação e do Desenvolvimento: José Vieira da Silva

Ministério da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas: António Serrano

Ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações: António Mendonça

Ministra do Trabalho e da Solidariedade Social: Maria Helena André

Ministra da Saúde: Ana Maria Teodoro Jorge

Ministra da Educação: Isabel Alçada

Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior: Mariano Gago

Ministra da Cultura: Gabriela Canavilhas

Ministro dos Assuntos Parlamentares: Jorge Lacão

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Ainda as eleições e novo governo...

As Eleições...


É a primeira vez que falo nesta temática desde o fim das eleições. Das europeias já tinha falado, e as autárquicas, são uma votação local pelo que...



Foi eleito mais uma vez um governo socialista, mas minoritário. Este vai ser um governo de política em politíca, aliando-se ora à esquerda ou à direita(?).





Esta legislatura, para mim, vai servir para observar duas coisas:

1ª - Realmente perceber o quanto os comunistas se preocupam com o país e com a sua governação.
2ª - Quanto tempo este governo minoritário vai aguentar até se dissolver.

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Sou forte, não gordo!!!!!

Hoje o google fez uma homenagem à minha BD favorita.



sexta-feira, 23 de outubro de 2009

domingo, 18 de outubro de 2009

Let's Do It Estonia

Agora em Portugal foi lançado o mesmo desafio: "Limpar Portugal" no dia 20 de Março de 2010.
Inscrevam-se e divulguem por favor:

http://limparportugal.ning.com

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

frase do dia...

"Quando um homem te rouba a mulher, não há melhor vingança do que deixar que fique com ela."

Sacha Guitry

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Black Eyed Peas "I got a feeling"

Simplesmente fantástico...vejam a coreografia até ao fim...

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

I Gotta Feeling - LIVE

Simplesmente fantástico...vejam a coreografia até ao fim...

Dia Internacional da Música


A data foi criada em Outubro de 1975, pelo «International Music Council», uma ONG, fundada em 1948 sob patrocínio da Organização das Nações Unidas para a Educação Ciência e Cultura (UNESCO), e que visa a promoção de valores de paz e amizade, por intermédio da música.

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Legislativas 09

Numas eleições onde claramente, o alvo de mira, era José Sócrates, e não o PS, o país deu uma resposta, quanto ao que pensa sobre este. Sócrates claramente venceu estas eleições (e não o PS)! Destaco também o BE, com um resultado muito positivo, assim como o do CDS.

Houve dois episódios que precederam estas eleições, e que um deles ainda "anda no ar", que não tiveram a capacidade de provocar o dano pretendido. Aliás, tiveram um efeito inverso.

O despedimento da Manuela Moura Guedes, cujo aproveitamento político tinha como objectivo mostrar que ela fora despedida por pressões governamentais, falhou redondamente, pois este objectivo a existir, jamais ocorreria nesta altura (podendo alguns de vocês afirmar que foi por isso que aconteceu, mas sendo assim deixo no ar uma pergunta: " não era contra-prucedente nesta altura?"). Mostrou-se sim, que a linha editorial seguida pelo jornal da noite na TVI, era má demais, levando aos novos senhores da TVI acabar com ele. Aliás, era de esperar, depois da saída de Moniz da TVI.
Mostrou-se assim, que o executivo, tinha algumas razões de queixa, ao dizer que o jornal da MMG tinha uma linha editorial demasiado persecutória.
Outro episódio, é o das escutas do nosso PR.

Jamais em consciência, poderei afirmar que o gabinete do PR tenha um peso político significante na governação do país. O PR é periférico, e é pouco mais que adornativo. Se o PR nunca falou, nunca escreveu nada que seja de reconhecimento, e que cuja grande obra foi ligar a auto-estrada da parte sul á parte norte, não seria agora, que teria algo de muito importante a dizer.
Agora o “timming” deste caso, é propositado, e com um objectivo definido.

Talvez seja altura de o Presidente do PSD ser afastado de Belém. Por mim será!

domingo, 27 de setembro de 2009

Carl Sagan Cosmic Calendar

O Calendário Cósmico comprime toda a história do Universo em somente 1 ano.

Foi popularizada por Carl Sagan no seu livro Os Dragões do Éden e na série para televisão Cosmos, que o próprio apresentou.

(clique sobre a imagem para a ampliarem)

1 de Janeiro: Big Bang!

1 de Março: nascimento da Via Láctea.

1 de Agosto: nascimento do Sistema Solar.

1 de Setembro: aparecimento da vida (unicelular) na Terra.

1 de Novembro: aparecimento da vida multicelular.

15 de Dezembro: Big Bang Biológico. A Explosão Câmbrica deu origem à diversidade de vida que vemos actualmente.

18 de Dezembro: aparecimento das primeiras plantas.

21 de Dezembro: os primeiros insectos começam a dominar o mundo. 24 de Dezembro: aparecimento dos dinossauros.

25 de Dezembro: aparecimento dos mamíferos.

27 de Dezembro: aparecimento dos pássaros.

29 de Dezembro: um asteróide arrasa com o domínio dos dinossauros.

31 de Dezembro – 10 da manhã: aparecimento dos macacos.

31 de Dezembro – 21 horas: aparecimento dos hominídeos.

31 de Dezembro – 23h54m: aparecimento do homem moderno.

31 de Dezembro – 23h59m45s: invenção da escrita.

31 de Dezembro – 23h59m50s: as pirâmides são construídas no Egipto.

31 de Dezembro – 23h59m54s: nascimento de Cristo.

31 de Dezembro – 23h59m58s: Cruzadas!

31 de Dezembro – 23h59m59s: Pedro Álvares Cabral chega ao Brasil! Renascimento!

Fonte: O post Cosmos de Carl Sagan (no astroPT).

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

frase do dia...

"Leite" estragado é como "Louçã" partida! Não serve para nada...

sábado, 19 de setembro de 2009

.

Bem!
.
Mais uma nova etapa da minha vida!
.
Vêm aí "Management"(fica muito melhor que dizer Gestão, não?)!
.
Lá vou eu tirar o fato académico, que não rasguei, e que, já voltou a servir-me depois de ter perdido 7 kilos, do armário, e avançar pela latada que se aproxima aí! Ou não, pois já não tenho idade para isso, apesar de vontade não me faltar.
Mas na Queima não vou facilitar!!!!!!
Já que voltei, ao menos aproveito!
.
Vai ser uma viagem engraçada de três anos.
.
Se fiz engenharia mecânica (5 anos), isto também se faz!

E depois, vai ser como aquele programa da Mila Ferreira e do Nuno Graciano:

Vou ser o dr & eng. (que comentário piolhoso...).

Segunda começam as aulas!

E nada como um desafio...e quem me conhece, sabe que eu adoro um desafio!

Este parece-me mais complicado que um prato de moelas!

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

frase do dia...

Frase de Sócrates que se aplica a Manuela Ferreira Leite : "Só sei que nada sei!"

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Empowerment

.
O caderno de empregos do Jornal Expresso, traz um pequeno artigo, muito sucinto, aliás excessivamente sucinto, na minha opinião sobre “Empowerment”.
Fala sumariamente sobre o que foi feito numa empresa em que foi aplicado.

Contudo, este conceito que agora é tanto falado ao nível da sua implementação nas empresas, é um conceito já vigente na sociedade já há muito tempo.
Alguns movimentos cívicos têm o enpowerment como catalizador de sua existência.
E aqui vou distinguir o empowerment empresarial e o empowermet na história
:
Empowerment empresarial
.
È um modo de gerir recursos humanos que é baseado na delegação de poder (deployment da capacidade de decisão/confiança) , permitindo aos colaboradores de uma organização terem capacidade de decisão assegurando-se assim condições a estes de uma participação proactiva, mais efectiva e responsável nas suas funções assim como nas decisões da empresa.
Assim pode-se dizer que o Empowerment é:
• dar ao pessoal a autoridade para fazer mudanças no trabalho em si, assim como na forma ele é desempenhado
• empowerment é o reconhecimento e liberação dentro da organização do poder que as pessoas já possuem na riqueza de seus conhecimentos úteis e na motivação interna
• empowerment é um conjunto de procedimentos que buscam a interação e o envolvimento das pessoas com o trabalho e que as impulsionam a tomar iniciativas e a interferir com ações no processo produtivo
• empowerment significa conseguir o comprometimento dos empregados em contribuir para as decisões estratégicas com o objectivo de melhorar o desempenho da organização
• empowerment é uma referência muito comum na década de 80 baseada na mudança de atitude voltada para o envolvimento dos funcionários nos processos de inovação
• empowerment consiste da capacitação e da valorização do funcionário para inovar
Vantagens do empowerment
• Contribui para o desenvolvimento das capacidades dos colaboradores
• Promove o enriquecimento das tarefas dos colaboradores, tornando-os mais motivados
• Promove um ambiente motivador em toda a organização
• Pode contribuir para a melhoria da qualidade das decisões se o colaborador possuir mais conhecimentos, informação e capacidades do que o líder
• Permite aos colaboradores mais talentosos prepararem-se para virem a ocupar lugares de mais responsabilidade no futuro
• Contribui para que os colaboradores se empenhem na implementação eficaz das decisões
• Os colaboradores habituam-se a decidir por si próprios, ficando assim mais habilitados a decidirem nas ausências e/ou impedimentos do líder
.
3 factores - chave
• compartilhar informação
• criar autonomia através de limites
• substituir hierarquia por equipas
.
Desenvolvimento de competências-chave
• Estimular o trabalho colaborativo no seio das equipas de trabalho
• Estabelecer grupos de trabalho que favoreçam a aprendizagem recíproca com outras pessoas
• Promover a participação de todos na monitorização dos resultados
.
Empowerment na história
.
• empowerment pode ser definido como o meio pelo qual as pessoas adquirem maior controlo sobre as decisões que afectam as suas vidas
• ou como mudanças em direcção a uma maior igualdade nas relações sociais de poder
• aumento do poder e/ou da autonomia pessoal e colectiva de indivíduos e grupos sociais nas relações interpessoais e institucionais, principalmente daqueles submetidos a relações de opressão, discriminação e dominação social.
.
Ou seja:
.
O conceito de empowerment , pode ser definido como um processo de reconhecimento, criação e utilização de recursos e de instrumentos pelos indivíduos, grupos e comunidades, em si mesmos e no meio envolvente, que se traduz num acréscimo de poder - psicológico, sócio-cultural, político e econômico - que permite a estes sujeitos aumentar a eficácia do exercício da sua cidadania. O caminho histórico que alimentou este conceito tem sido um caminho que visa a libertação dos indivíduos relativamente a estruturas, conjunturas e práticas culturais e sociais que se revelam injustas, opressivas e discriminadoras, através de um processo de reflexão sobre a realidade da vida humana.
.
Exemplo disto são:
.
- Movimentos anti-colonialistas – India e Africa por ex.
- Movimentos de cidadania – direitos cívicos e Poder Negro nos EUA
- Feminismo